Idea Adventure x 206 Escapade x Crossfox

Um hatch compacto, uma perua e uma minivan. Os segmentos são diferentes, mas uma coincidência traz os três modelos para o mesmo comparativo: eles estão equipados com itens que os deixam com aparência aventureira, além de contarem com suspensão mais alta do que as versões convencionais. Idea Adventure, 206 Escapade e Crossfox se enfrentaram na pista e, quando o assunto é estilo, o Fiat sai na frente, já que chama mais atenção quando passa pelas ruas da cidade. O carro também é o mais espaçoso.

Porém, no teste de aceleração, foi o Crossfox que se deu melhor. Ele utiliza motor 1.6 bicombustível, tecnologia também presente no propulsor dos concorrentes. Mas o Volkswagen é o carro que tem também o maior consumo de combustível na cidade, com álcool. Neste quesito, o modelo que se dá melhor é o 206 Escapade, que ganha também o teste de dirigibilidade. O veículo fabricado em Porto Real tem também a melhor relação custo/benefício, embora o menor preço seja o do Crossfox. Confira a disputa dos modelos com espírito de aventura e vocação urbana.

O estilo é o principal argumento do Crossfox, do Idea Adventure e do 206 Escapade. São versões baseadas em modelos já existentes, que usam o apelo fora de estrada como chamariz. E, para o cliente, o objetivo é chamar atenção nas ruas das cidades, ambiente para o qual os carros, sem mecânica adequada para o “off-road”, têm maior aptidão. Neste sentido, o Idea Adventure é imbatível. Ele atrai os olhares de pedestres e de outros motoristas. Além disso, foram muitas as pessoas que pararam nossa reportagem para perguntar sobre o carro.

Os atributos que fazem do Idea Adventure o campeão da contemplação são o protetor de plástico dianteiro, pára-lamas com proteção de borracha preta, barra longitudinal no teto e estepe na tampa do porta-malas. Muitos destes acessórios também estão no Crossfox, mas o Fiat chama mais atenção do que o concorrente principalmente por sua altura de 1,81 metro, que supera até mesmo a do jipe Ford Ecosport. Dos três rivais, o 206 Escapade tem o visual mais limpo, marcado principalmente pela presença de adesivos.

A montadora optou por não usar o estepe na tampa do porta-malas. A solução empobreceu a estética “off-road” do carro, mas por outro lado privilegiou sua comodidade. Isto porque, com a presença do pneu, abrir o compartimento de bagagem do Idea e do Crossfox se torna uma operação trabalhosa. É necessário destravar o tampa em um botão na cabine, puxar uma alavanca para liberar o estepe,

que fica paralelo à tampa – e só depois abrir o porta-malas.

Se o 206 Escapade é conservador no exterior, a cabine traz um material que o deixa mais agradável que os rivais, o alumínio, presente na alavanca do câmbio e nos pedais. O Idea Adventure conta com bússola e inclinômetro no console central, componentes que reforçam seu apelo fora de estrada. A cabine do Crossfox traz poucas diferenças em relação ao modelo que lhe deu origem, o Fox. Todavia, tanto o Volkswagen como o Fiat possuem bancos revestidos de couro na lista de opcionais. O Peugeot não traz este item.

O Idea volta a levar vantagem no comparativo quando o assunto é espaço. Maior do que a concorrência em todas as dimensões, ele também tem um volumoso porta-malas, que comporta 380 litros. O 206 Escapade leva 313 litros de bagagem e o lanterninha, Crossfox, 260 litros. Volkswagen e Fiat também acertaram na escolha da boa quantidade e localização dos porta-objetos de seus carros, característica não privilegiada pela Peugeot. O porta-copos, por exemplo, não está no console central, e sim na tampa do porta-luvas.

por:Marilia

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: