FOX X CROSSFOX

Cada fabricante tem sua receita de projeto. Por isso, as diferenças entre a versão com espírito esportivo e seu par não se reproduzem necessariamente em uma dupla de outra marca. Se na Fiat o Idea Adventure conseguiu agradar nossos dois pilotos convidados, na linha Volks as opiniões se dividiram, Cacá Clauset preferiu o aventureiro CrossFox e César Urnhani ficou com o Fox. Para o consumidor comum, é o caso de levar em conta o que ele valoriza mais e em que condições vai usar o carro na maior parte do tempo, antes de se decidir por um ou pelo outro.

As diferenças de estilo que existem entre Fox e CrossFox aparecem mais na parte externa: são os adereços off-road do CrossFox – quebra-mato, saias no pára-lamas, estribos laterais e estepe na traseira. Os dois têm aerofólios e rodas de liga leve com desenhos distintos. Internamente, a versão aventureira é tão discreta quanto a standard. O motorista só se lembra que está ao volante de um CrossFox quando olha pelo retrovisor e vê a parte superior do estepe no vidro traseiro. À sua volta, os sinais exclusivos se resumem aos bancos com um revestimento mais descolado e a um friso claro no console central.

Fox e CrossFox têm pacotes básicos simples, que incluem banco do motorista com ajuste de altura, banco traseiro deslizante e bipartido e imobilizador, entre outros itens. Com a diferença de preço que existe entre os dois nas versões básicas, é possível comprar um Fox equipado com freios ABS e rádio com CD e MP3. A comparação é sempre com a versão Sportline do Fox.

Com um pouco mais de tempo de mercado que as outras duplas apresentadas aqui, Fox e Cross- Fox ilustram o que George Chahade, presidente da Assovesp, afirma sobre a desvalorização dessas versões. A depreciação do CrossFox chega a 8,3% no primeiro ano, enquanto a do Fox é de 6,9%, segundo a AutoInforme. Na hora de fazer seguro, o Fox novamente é mais vantajoso para o bolso. Para um mesmo cliente, com perfil de risco moderado, o seguro de um Fox 1.6 Sportline zero-quilômetro custa em média 3 500 reais, enquanto o de um CrossFox 1.6 sai em média por 5 500 reais, de acordo com a corretora Nova Feabri. O primeiro preço equivale a 8,5% de 40 790 reais (tabela Fipe) e o segundo, a 11,5% dos 48 110 reais.

Considerando a relação custo-benefício, nossa escolha recai sobre o Fox Sportline. Ele é mais discreto, mas consegue satisfazer o motorista no diaa- dia, custa menos, paga menos seguro e tem menor desvalorização.

 

por:Marilia

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: